sexta-feira, 22 de abril de 2011

Três poemas para mulheres maduras

Um ex-colega dos tempos do Colegial, que que se esforça para ser poeta e é agitador cultural,  enviou-me algumas publicações dele e de seus confrades. 
Li e resolvi me impor um desafio: escrever tão mal como eles.
Então, fiz os três poemas que vão a seguir e que acabaram me frustrando, pois não, não consegui escrever tão mal assim...
E, afinal, publicados na net,  pelo que já me disseram, estes versinhos fazem sucesso entre as mulheres maduras...

Para Maria Celeste, que ajudou a recuperar estes poemas...(*)


Primeiro

Olha-te... não no espelho real.
Examina-te, em vez disso, no espelho da alma.
Os teus olhos: não é que eles incendeiam uma certa luz intensa?
E o rosto? Ah! teu rosto é suave e redondo.
O teu porte elegante.
És uma bela mulher.
O que esperas?
Por que estas pernas bem feitas não saem em busca da aventura?
Ah! sei, já andaram por caminhos inesperados e sedutores?
Então, por que estão como navios encostados no cais da solidão?
Insegurança, medo?
Vem, me dá a mão e vamos seguir por mais um trecho desconhecido.
Sei que vais gostar...


Segundo

O dia nasceu com um sol brilhante.
Afastas a cortina e observas as cores lustrosas das folhas verdes.
Sim, é primavera!
Não é primavera no teu coração?
Pois era para ser.
É para ser sempre primavera no teu coração.
Tens um sorriso sedutor,
uns olhos convidativos,
um andar que atrai os olhares dos homens.
Por que te sentes no inverno da vida?
Nada disso!
Desperta, abre os olhos para o verde da tua vida,
para a seiva que alimenta o teu afeto,
para o vento renova os sentimentos...
Vem, mulher, retoma o destino nas tuas mãos!
Deixa para lá essa história de tempo que passou.
O que te importa é o futuro;
é nele que vais reencontrar a satisfação dos desejos que não esqueceste.

Terceiro

Os homens não valem a pena?
Os homens são todos iguais?
Os homens só querem sexo?
Sim, pode ser.
Mas, o que importa, assim no amor - como na vida mesmo, em tudo na vida -, é persistir na busca.
Não deixa que a experiência frustrada impeça a procura pelo que tu sabes que existe e queres.
Há homens que valem a pena!
Há homens que são diferentes!
Há homens que pensam em sexo, mas não só em sexo.
Afinal, tu também não pensas em sexo?

Passo de Torres/SC - set-2008


* Eu os havia perdido, mas a Celeste por sorte tinha uma cópia

Nenhum comentário: